Hoje é

Visitantes

sexta-feira, 4 de agosto de 2017

SANDRO HUNING É O NOVO TÉCNICO DA ADCH NA SÉRIE PRATA

SANDRO HUNING É O NOVO TÉCNICO DA ADCH NA SÉRIE PRATA
Depois do pedido de demissão de Amaro Santos, a direção da AESJ/ADCH agiu rápido e anunciou Sandro Huning como novo técnico. A apresentação deve ser nesta quinta-feira, 02.
Sandro ao centro. Foto: arquivo ADCH
A missão de Huning será acertar a oscilante ADCH e garantir a sequência do time no Estadual Série Prata de Futsal. Depois de estar entre os 04 primeiros, desde o início do campeonato, a Associação Salto do Jacuí começou acumular resultados negativos jogando em casa, o que fez com que o time caísse para a 7ª posição com 18 pontos.

Huning é velho conhecido da diretoria da ADCH. Ele esteve no comando técnico da equipe em outras oportunidades. Em 2016, para atender compromissos particulares, o professor Sandro deixou a ADCH, momentos antes da classificação para fase mata-mata da Série Bronze, no final de agosto, quando Amaro assumiu.

Sandro estreia contra a APF, sábado, 05, em Parobé. Nos próximos dias o professor Amaro Santos vai se pronunciar sobre sua saída. Em entrevista no Repórter Geração, o presidente Claudio Ferreira, falou sobre a mudança.

Referências: Rádio Geração FM

FUTSAL: TÉCNICO AMARO PEDIU EXONERAÇÃO DO CARGO DA ADCH

FUTSAL: TÉCNICO AMARO PEDIU EXONERAÇÃO DO CARGO DA ADCH
Com um início arrasador da equipe da ADCH/AESJ comandada pelo técnico Amaro dos Santos nas primeiras rodadas do campeonato gaúcho série prata, com a equipe ficando por várias rodadas na liderança, na virada do primeiro para o segundo turno a mesma campanha do início não vem se repetindo.

As últimas derrotas da equipe jogando em casa foram cruciais para o professor Amaro dos Santos pedir exoneração do cargo de treinador no final da tarde de hoje, 30 de julho. Com ele também deixam a equipe o treinador de goleiros Cláudio Pereira e o Auxiliar Técnico e Fisioterapeuta Rogério Freitas.
Amaro atuou como atleta e preparador físico da equipe até 2016. Foto: arquivo ADCH 2015.

Campanha da ADCH com o professor Amaro dos Santos:

Sétimo lugar na tabela com 18 pontos conquistados em 14 jogos, com 5 vitórias, 3 empates e 6 derrotas. A ADCH continua com o melhor ataque da competição com 64 gols e a defesa levou 56 gols. O aproveitamento foi de 42,86% dentre as 12 equipes.

A diretoria da ADCH/AESJ agradeceu ao profissional Amaro dos Santos que estava no cargo desde a substituição do treinador Sandro Hunning no final do segundo turno da campanha vitoriosa em 2016 quando a ADCH conquistou o terceiro lugar da série bronze e a ascensão para a série prata.

A diretoria anunciará oficialmente o novo treinador nos próximos dias.

ADCH PERDE PARA HORIZONTINA EM CASA

ADCH SOFRE MAIS UMA DERROTA DENTRO DE CASA
Em mais uma rodada pela série prata em Salto do Jacuí, mais uma vez a noite não foi boa para a equipe da ADCH/AESJ. Na noite de sábado, dia 29 de julho a ADCH recebeu em seus domínios a equipe do Caipirinha de Horizontina. Diante do seu torcedor, mais uma vez em casa a equipe não conseguiu obter sua melhor performance. 
O primeiro tempo a equipe de Horizontina saiu na frente do marcador logo no início e manteve o marcador até o final.

No segundo tempo novamente em dois lances seguidos Horizontina ampliou o placar para 3 a 0. A ADCH teve muitas chances de gol, com chutes na trave e a bola teimava em não entrar. 

Em uma grande jogada do capitão goleador Paulinho Cambalhota, ele mesmo fez o único gol da partida para a ADCH.

Final de Jogo: ADCH 1 x 3 Horizontina

Alvorada SER ALVORADA 5X6 PASSO FUNDO FUTSAL
Santa Cruz do Sul ASSAF 6X3 FIGUEIRA
Lagoa Vermelha LAGOA FUTSAL 7X2 AGE
Salto do Jacuí ADCH 1X3 HORIZONTINA
Uruguaiana URUGUAIANENSE 6X0 ACBF CERRO BRANCO
Fortaleza dos Valos AFF 2X2 PAROBÉ FUTSAL

FUTSAL: ADCH VENCE EM TUPANCIRETÃ

ADCH VENCE EM TUPANCIRETÃ
Pela segunda rodada do segundo turno do campeonato estadual série prata a ADCH/AESJ se deslocou até o município de Tupanciretã para enfrentar a equipe do Figueira. O jogo iniciou às 19 horas e 10 minutos e contou com um público de aproximadamente cem torcedores no Ginásio Bonumazão.

Confira a matéria do jogo abaixo e o link com a filmagem feita pelo jornalista José Carlos Rehbein Rosa. https://www.youtube.com/watch?v=Q0p8xf1r-YQ&feature=youtu.be&t=10

Foto: José Carlos Rehbein Rosa - ADCH/AESJ em Tupanciretã

No primeiro tempo a equipe da casa veio pra cima dando trabalho para o goleiro Rafael Dona que fez importantes defesas. Aos 7 minutos após entrar, Silas abriu o marcador para a ADCH. 

Aos 9 minutos em uma tabela entre Ajala e Silas, na saída do goleiro Givan em um toque no canto esquerdo Ajala marcou o segundo gol de Salto do Jacuí. Mais tarde Róger teve uma boa oportunidade que parou no travessão de Tupanciretã. 

Após uma cobrança de falta para a ADCH, Paulinho Cambalhota apareceu livre dentro da área e tocou para o fundo das redes ampliando o marcador para 3 a 0. 

Aos 9 minutos o atleta Guilherme do Figueira por reclamação foi expulso do banco de reservas. O jogo ficou interrompido por 10 minutos.

Aos 19 minutos o rápido Jean acertou um chute forte no ângulo do goleiro Rafael Dona abrindo o marcador para o Figueira. Na sequencia, Anderson ampliou para o Figueira, terminando a etapa inicial em 3 a 2 para a ADCH.

No segundo tempo, logo aos 2 minutos Jean empatou para o Figueira após uma cobrança de falta ensaiada.  Aos 5 minutos, Ademir, depois de 5 jogos sem jogar por cumprir suspensão, acertou um petardo do meio da quadra estufando o barbante do goleiro Givan, fazendo 4 a 3 para a ADCH. Aos 7 minutos a ADCH estourou o número de faltas. 

Aos 12 minutos em uma jogada bem trabalhada, Paulinho Cambalhota passou a bola para Ajala que dominou, virou e chutou no canto esquerdo do goleiro do Figueira fazendo o quinto gol para Salto do Jacuí. 

Aos 13 minutos Ajala cometeu a sexta falta que resultou em um tiro livre direto. O ligeiro Jean, atleta que mais chutou pelo Figueira, desta vez encontrou Rafael Dona que brilhou no lance espalmando a bola para a linha de fundo. Na sequencia do lance, após a cobrança de escanteio, Luiz Henrique descontou fazendo o quarto gol da equipe da casa.

Aos 16 minutos novamente o Figueira teve uma oportunidade de tiro livre direto e desta vez aproveitou e empatou o jogo em 5 a 5 com Lucas.

Um minuto depois, Silas recuperou a bola tocando para Ajala que encontrou o rápido Paulinho Cambalhota livre que marcou o seu segundo gol na partida e o sexto gol da ADCH.

Aos 19 minutos o Figueira teve duas chances para empatar o jogo, mas Rafael Dona que jogou sua primeira partida inteira no campeonato, brilhou e fez duas grandes defesas em uma sequencia de chutes, salvando a equipe da ADCH que acabou vencendo o jogo fora de casa por 6 a 5, jogo de muita emoção.

ADCH iniciou com: Rafael Dona, Ademir, Leo, Paulinho Cambalhota e Tiaguinho. O técnico Amaro dos Santos teve disponível os atletas Eric (goleiro), Silas, Marcos Adriano, Roger, Willian, Arion e Ajala. Auxiliar Técnico e Fisioterapeuta: Rogério Freitas. Massagista: Maninho. Treinador de Goleiros: Cláudio. Presidente: Cláudio Ferreira.

Com a vitória, a ADCH continua em sexto lugar, agora com 18 pontos, 1 ponto a frente da Uruguaianense e 5 pontos atrás do Passo Fundo. O próximo confronto será em Salto do Jacuí contra o Caipirinha.

SEGUNDA RODADA SÉRIE PRATA RETURNO:

73 22/7 - sábado 19:00 Passo Fundo PASSO FUNDO FUTSAL 7X4 ASSAF
74 22/7 - sábado 19:00 Guaporé AGE 8X5 SER ALVORADA
75 22/7 - sábado 19:00 Tupanciretã FIGUEIRA 5X6 ADCH
76 22/7 - sábado 20:00 Cerro branco ACBF CERRO BRANCO 1X1 LAGOA FUTSAL
77 22/7 - sábado 20:00 Horizontina HORIZONTINA 2X5 AFF
78 22/7 - sábado 20:00 Parobé PAROBÉ FUTSAL 3X0 URGUAIANENSE


Tabela e resultados: Blog do Sandro
Texto: Michel Berti Goi

ATLETA DA ADCH É TRICAMPEÃO GAÚCHO DE ATLETISMO MASTER- MICHEL BERTI GOI

ATLETA SALTO JACUIENSE É TRICAMPEÃO GAÚCHO DE ATLETISMO MASTER- MICHEL BERTI GOI

Nos dias 15 e 16 de julho centenas de atletas do Brasil e exterior competiram no XXXI Campeonato Gaúcho de Atletismo Master na SOGIPA em Porto Alegre. O campeonato que foi organizado pela AVEGA teve arbitragem rígida e eficaz.
                                   Foto: Neitor Correa
O atleta da Associação Desportiva e Cultural Hip Hop/Grupo CEEE de Salto do Jacuí Michel Berti Goi competiu em oito provas individuais e duas provas de revezamento por equipes. Berti teve seus melhores resultados nesta edição comparando com as outras duas que havia competido nos anos de 2015 e 2016, conquistando 9 medalhas de ouro e uma medalha de prata, se tornando tricampeão gaúcho na modalidade Lançamento de Martelo e bicampeão em outras provas. Confira seus resultados:

Campeão Geral no Salto em Distância com a marca de 5,04 m (melhor salto do ano);
Campeão Geral no Salto em Altura com a marca de 1,50 m, igualando sua melhor marca;
Campeão Geral no Salto Triplo com a distância de 9,47 m;
Campeão nos 400 m com barreiras com 1'13''49;
Tricampeão no Lançamento do Martelo com 22,59 m;
Bicampeão no Lançamento do Martelete com 6,66 m;
Bicampeão e novo recordista master no Salto com Vara com a altura de 2,50 m;
Vice-campeão nos 110 m com barreiras com 21'45'';
Michel ainda competiu nas provas de revezamentos 4x100 m (54''89) e 4x400 m (4'28') fazendo parte da equipe ADCH que foram os mais rápidos e conquistaram medalhas de ouro. Completaram o quarteto Everson Benhard, Neimar Antônio Dornelles e Josoé Correa da Silva. Representaram também a equipe os atletas Elemar Correa da Silva e Jorge Silva.

O atleta pretende ainda neste ano competir no XXVIII Troféu Brasil Master de Atletismo em Porto Alegre e no Campeonato Sul Americano que será realizado no Chile.

FUTSAL: ADCH JOGA BEM MAS PERDE EM PASSO FUNDO

A delegação da Associação Desportiva e Cultural Hip Hop de Salto do Jacuí se deslocou na tarde de sábado, dia 8 de julho para disputar mais um jogo valendo pela 11ª rodada do Campeonato Gaúcho Série Prata. A partida iniciou às 19 horas no Ginásio do Clube Náutico Capingui em Passo Fundo. O público de cerca de 800 torcedores compareceu para prestigiar a partida.
Foto: Mateus Moraes

O jogo:
No primeiro tempo a equipe do Passo Fundo Futsal teve um volume maior de jogo, aproveitando-se do fator local e da quadra de maior dimensão em comparação com a quadra de Salto do Jacuí. O placar foi aberto somente aos 15 minutos após o atleta salto jacuiense Roger ter feito uma falta e levado cartão amarelo. Na cobrança da falta, Passo Fundo executou com excelência uma jogada ensaiada que acabou com a bola nas redes no chute de Talis (19). 

Aos 18 minutos a ADCH fez uma boa jogada onde Paulinho Cambalhota tocou para o chute de Roger que acabou com a defesa do goleiro para escanteio. Na sequência, mais uma vez Paulinho Cambalhota apareceu e aproveitou a sobra com um chute para a defesa do goleiro Rafael de Passo Fundo, espalmando para a linha de fundo, assustando a torcida local.

Aos 19 minutos Marcos Adriano conduziu muito bem a bola, deixou dois adversários pra trás e acertou uma bomba, o goleiro de Passo Fundo não segurou a bola que veio quente e Roger pegou o rebote e mandou para o fundo do gol empatando a partida para a ADCH em 1 gol. Na sequência, após o reinício do jogo a equipe de Passo Fundo envolveu a Associação e quase marcou, Paulinho Cambalhota tirou em cima da linha, concluindo o primeiro tempo com o placar igual.

O primeiro lance de perigo do segundo tempo foi do incansável Paulinho Cambalhota que fez uma grande jogada que acabou com a defesa para escanteio do goleiro Rafael. 

Aos 7 minutos em uma troca de passes Passo Fundo chegou ao segundo gol através do jacuizinhense Daniel Ottoni (11). 

Aos 8 minutos a bola foi lançada para o pivô de referência Silas (29), que dominou, girou e arrematou da marca de tiro livre no ângulo direito do goleiro Rafael empatando a partida para a ADCH em 2 a 2. 

Aos 11 minutos foi a vez do goleiro Rafael Teta (91) da ADCH fazer uma excelente defesa. A bola iria no ângulo e o muralha do Salto com a ponta dos dedos mandou a bola para lateral em um chute forte da equipe passo fundense.

O terceiro gol de Passo Fundo saiu aos 12 minutos, em um bate rebate a bola sobrou para Ismar (28) que acertou um petardo de fora da área que o goleiro da ADCH não teve reação, pois estava com a visão encoberta. 

Após os 18 minutos o técnico Amaro substituiu o goleiro Rafael Teta por o atleta Leo Michelon que atuou como goleiro linha. A ADCH quase marcou com Paulinho Cambalhota, mas o tempo correu e a partida terminou mesmo com a derrota da ADCH por 3 a 2 em Passo Fundo.

Conforme o Presidente salto jacuiense Claudio Ferreira, "o planejado para o primeiro turno foi atingido, onde nossa equipe ficou entre as 5 primeiras da Série Prata e vamos em busca da classificação nos próximos 11 jogos do returno".  Ferreira convocou. "Aproveito para convocar o torcedor para lotar o nosso ginásio no próximo sábado para empurrar nossa equipe em busca da vitória frente a equipe da ASSAF de Santa Cruz do Sul".

ADCH/AESJ inicou com: Rafael Teta (91), Renan (33), Thiaguinho, Paulinho Cambalhota (12) e Silas (29). Entraram no decorrer do jogo: Marcos Adriano (4), Róger (17), Willian de Azevedo (30), Leo e Lúcio. O goleiro Eric ficou a disposição do treinador. Técnico: Amaro dos Santos. Auxiliar: Rogério. Treinador de goleiros: Cláudio. Massagista: Maninho.

Resultados da 11ª rodada e classificação do primeiro turno:

AGE 6X1 ACBF/CERRO BRANCO (E)
PASSO FUNDO FUTSAL 3X2 ADCH (E)
LAGOA FUTSAL 3X2 HORIZONTINA FUTSAL (E)
AFF 6X4 ASSAF (E)
SER ALVORADA 7X5 APF/PAROBÉ (E)
AEU 3X0 FIGUEIRA (E)


Tabela via Blog do Sandro

Texto: Michel Berti Goi